Seleção SUB 20 perdeu esta tarde em Abrantes

Em jogo realizado esta tarde no Estádio Municipal de Abrantes, perante uma média moldura humana, haviam muitas clareiras nas Bancadas, talvez pela Seleção Principal fazer jogo quase à mesma, a Seleção Portuguesa de SUB 20 perdeu perante a sua congénere da Republica Checa por 0-3, com 0-2 já na primeira parte.

O Jogo de preparação realizado esta tarde no Estádio Municipal de Abrantes, revelou-se um fraco teste para a equipa das Quinas, os Checos foram mais fortes, pressionando logo no meio-campo adversário, que fez com que os portugueses tivessem poucos espaços para realizarem o seu jogo.

Foto/FPF

A equipa da Republica Checa dava iniciativa de jogo aos Portugueses, mas ora no contra ataque ora na falha chegavam sempre com perigo à baliza Portuguesa chegando aos 0-2 na primeira metade com os golos a serem apontados por Daniel Turyna aos 17′ e por Michal Hlavatý aos 42′. Na segunda parte Daniel Turyna bisou aos 58′, estabelecendo resultado final de 0-3.

ESte foi o primeiro encontro particular de Portugal, jogando o seu segundo encontro também particular já no próximo dia 2 de Setembro, frente à Holanda, no Sportpark Middelmors (Rijnsburg), pelas 16:00′ (15:00 em Portugal).

José Guilherme em declarações à comunicação teceu os seguintes comentários:

“A República Checa mereceu ganhar, mas fê-lo por números exagerados. Na primeira parte foram superiores, nós não fomos eficazes e eles tiveram grande eficácia. Na segunda parte melhorámos significativamente, sofremos um golo numa altura em que até estávamos a jogar bastante bem e isso marcou um pouco o que foi o resto do jogo.”

“Foi um jogo muito competitivo, a maior parte dos jogadores checos eram sub-21 e os sub-20 eram os melhores, pelo que apresentaram uma equipa muito competitiva. Foi bom para o crescimento dos nossos jogadores, embora quiséssemos ganhar. Não conseguimos porque eles foram melhores.”

“As equipas da Holanda são sempre fortes e competitivas, por isso vamos ter outro jogo bastante difícil. É o que queremos para estes jogadores, só assim ficam mais preparados para as competições exigentes que vão ter no futuro. Já tiveram uma reacção muito briosa na segunda parte do jogo frente à República Checa e queremos que lhe possam dar continuidade frente aos holandeses.”

Ficha de jogo
Estádio Municipal de Abrantes

Árbitro: Pascal Eerlachner (Suiça)
Árbitros assistentes: Pedro Felisberto (Portugal) e Pedro Mota (Portugal)
Quarto árbitro: Luís Máximo (Portugal)

Portugal:

Daniel Figueira; Alexandre Pinto (João Simões, 65′), Hélder Baldé. João Queirós, Abdu Conté, Rui Pires (cap.), Rui Pedro (Pedro Marques, 65′), Domingos Quina, André Sousa (Tiago Dias, 46′), Madi Queta (André Vidigal, 46′) e Bruno Paz (João Lameira, 65′)

Suplentes não utilizados: Carlos Alves, Fábio Duarte e Luís Silva

Treinador: José Guilherme

Golos: nada a assinalar
Disciplina: nada a assinalar

República Checa:

Dominik Svacek; Matej Chalus (cap.), Matej Helebrand, Tomas Wiesner, Daniel Turyna (Jiri Klima, 71′), Filip Havelka, Jan Vodhanel (Ladislav Muzic, 88′), Michal Surzyn, Alex Kral, Tomas Ladra (Jan Kuchta, 88′) e Michal Hlavatý (Jakub Janetzky, 71′).

Suplentes nao utilizados: Nicolas Smid, David Stepanek, Josef Kvida e Filip Hasek.

Treinador: Karel Krejci

Golos: Daniel Turyna (17′) e 58′) e Michal Hlavatý (42′)

Disciplina: cartão amarelo a Michal Surzyn (90′)

 

Fonte: FPF

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.