ABRANTES | CÓNEGO JOSE GRAÇA E PEDRO MOREIRA CONDENADOS POR BURLA E FALSIFICAÇÃO DOCUMENTOS COM PENA SUSPENSA

O Tribunal de Santarém condenou hoje José da Graça, o padre que dirige o Centro Social Interparoquial de Abrantes (CSIA), a cinco anos de prisão, pena suspensa por igual período, por burla e falsificação de documentos. Imagem D.R. Segundo a presidente do coletivo de juízas, o tribunal considerou provados todos os factos de que José…