TARIFA DA FACTURA DE ÁGUA FICA MAIS CARA NO CONCELHO DE ABRANTES EM 2018

Foi aprovada em Sessão de Câmara realizada esta manhã as novas tarifas do preço a pagar na factura da água, que se irá reflectir num aumento do preço a pagar por todos os consumidores do concelho de Abrantes já em 2018.

 

 

Em defesa deste aumento, o vereador Manuel Valamatos (PS) explica que há uma subida de 0,15 cêntimos para uma família que consuma mensalmente 10 m3 de água decorrente do contrato de concessão, isto relativo a consumo de água. Haverá também uma actualização nos (RSU) resíduos sólidos urbanos em cerca de 0,45€, nesta parcela da factura e na mesma perspectiva.

O Vereador do BE, Armindo Silveira votou a favor  do aumento do valor da água, pelo investimento feito pelo SMA e por existir tarifas sociais que ajudam as famílias mais vulneráveis. Vota também a favor nos serviços auxiliares, por os mesmos não sofrerem alterações.

Já quanto aos Resíduos Sólidos Urbanos, gerido pelo SMA e depositado em aterro concessionado à Valnor, o mesmo abstêm-se. No que diz respeito ao valor do Saneamento na factura de água, que está concessionado à empresa Abrantáqua, vota contra, por esta empresa estar a dar lucro, e no que resulta em custo acrescido ao Munícipes, num direito humano.

Rui Santos, vereador do PSD, foi mais longe e pede ao executivo para que os contratos sejam todos revistos, mas abstêm-se em todas as componentes de votação.

A Sra. Presidente interveio e defendeu estes aumentos no sentido de que o preço da água deve reflecte o valor de um bem que é escasso,  e que exista uma disciplina adequado quanto ao seu uso, já quanto aos resíduos sólidos considera o aumento adequado ao principio do poluidor-pagador.

Em resumo existirá um aumento na factura de 0,60€ para quem tem um consumo mensal de 10 m3, ficando mais caro a quem tem um consumo mensal superior.

Em Abrantes a injustiça continua, pois de acordo com um estudo da DECO (Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor) que defende: “que quem separa o lixo devia ser compensado pois a taxa dos resíduos depende do consumo de água”, assim, separando ou não o lixo, o resultado é sempre o mesmo para os consumidores em 90% dos municípios: “o montante total incide sempre na quantidade de água que se gasta todos os meses”, sublinha a associação após estudo nacional feito.

Fazer um uso mais racional de água pode reduzir significativamente a factura, poupando anualmente um valor considerável, mas é algo que não está ao alcance de todos, como as famílias de maiores dimensões ou as que vivem em municípios onde o fornecimento pertence a concessões”, sublinhou a Deco.

Actualizado 29/12/17 00:55

.

5 pensamentos sobre “TARIFA DA FACTURA DE ÁGUA FICA MAIS CARA NO CONCELHO DE ABRANTES EM 2018

  1. Tânia Mendonça Rodrigues: O problema não é agua o problema e o rsto que se paga é uma vergonha pagar-se 2 euros de agua e depois ter factura de quase 30 ou mais para pagar isto é que é vergonhoso

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.